Biografia do Rapper Froid

Renato Froid é um rapper de Brasília. Que começou em um grupo fundado por ele e por outro integrante, o Sampa, chamado Um Barril de Rap, em 2012 foi gravado o primeiro som em studio. 
 
O grupo representava o centro de Brasília mas que tem uma pegada underground que era algo que faltava na cena da cidade. Outros integrantes era o Dj Disstinto e o Yank (2013). Froid também faz a produção dos beats, além de ser Mc. 
 
Sua maior influência como artista é o Tyler The Creator, Chico Buarque e O Rappa.

 

 
O grupo tem dois álbuns lançados, Cd dos Meninos e o 2ª Via. Em fevereiro de 2017 o Grupo UBR acabou com a saída de Yank. Cada qual tomou seu caminho. Froid já havia gravado algumas músicas solo, continuou seu trabalho. 

 

 

 

O mais recente trabalho foi um acústico com um clipe e participações de Cynthia Luz, Pedro Qualy, Disstinto e alguns outros músicos. E mais recente ainda, lançou o clipe com a participação do Mc Sun Tzu, Autoestima em Dó.

FROID E A TERRA PLANA

A Terra é redonda, certo? Errado, e Froid explica – sim, Froid, assim mesmo. Recentemente, o rapper brasileiro deu uma entrevista na qual afirmou que a Terra é plana. Para justificar, o artista afirmou que a NASA era uma mentira.
 
 
– Você nunca vai conseguir ver nenhuma foto da Terra redonda que não seja tirada por uma câmera fish-eye e que não seja manipulada pelo Photoshop. Vá atrás das evidências, não existe essa foto. Ninguém tem o registro dessa foto. 
 
E digo mais, se a Terra fosse redonda, você conseguiria ver pelo mar, porque são algumas jardas só da curvatura da Terra – argumentou Froid, que ainda acrescentou: – O céu é azul porque existe um vidro e depois é água. Pesquise, a NASA é uma mentira.

PIOR DISCO DO ANO

 
Depois de anunciar o fim da UBR, Froid começou a preparar seu disco solo chamado “O Pior Disco Do Ano” o disco com 12 faixas, foi todo produzido pelo LK do 3030 e será lançado pela gravadora Novo Egito que conta com Froid, 3030 e Rodrigo Cartier.
– O álbum tomou forma de álbum pela primeira vez em março, por isso digo que ele é ariano. Eu entrei em agosto para fazer a primeira sessão de estúdio, que foi o momento da gestação, quando todas as músicas e todos instrumentais estavam praticamente prontos.
A produção é toda do Luan LK. Eu produzi apenas uma faixa, a música com o BK, onde eu usei o sample de “Vida Loka”, o mesmo do “Atletas do Ano”. Outra tem a produção do Mestre Xim, que é a faixa com o Qualy. 
Além dos dois, o disco ainda terá participação do Makalister, Nissin, 3030, Rodrigo Cartier, Cynthia Luz (em uma faixa que se chamará Lamentável Part 2 com Prod. do M Lima) e mais uma com o Luccas Carlos. A do Luccas ainda não sei se entrará no disco porque a gente não terminou de produzir.
Nós temos quatro clipes gravados e pretendo lançar o primeiro deles em setembro. Daí soltamos os outros três e depois disponibilizamos o álbum para download em todas as plataformas. Esse disco registra um período muito louco da minha vida. 
Escolhi esse nome (Pior Disco Do Ano) por causa da intensidade. É um disco sobre pressão. Ao mesmo tempo em que é o melhor momento da minha vida é o pior também. Um registro que pode parecer meio confuso, mas é de coração.
O projeto foi liberado hoje com 11 faixas e participações de Rodrigo Cartier, Luccas Carlos, Bnada Medulla, Pedro Qualy, Cynthia Luz, BK’, Makalister e Nissin. O disco já se encontra disponível em todos os sites de stream.

 

ALGUNS DE SEUS SONS E PARTICIPAÇÕES

 
Isso é tudo galera, espero que tenham gostado!
Acompanhe-nos nas nossas redes sociais:
 
 
 
Site Skate no Comando: http://skatenocomando.com
 
 
É nóis galera, aproveitem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *